Sábado, 26 de Julho de 2014

Busca Guia Comercial:  

Sexta-Feira, 25 de Julho de 2008 - 00:00

VOLTAR

Praia Grande

Núcleo Henry atende portadores de deficiências em várias áreas

Por: Depto. Imprensa - Prefeitura Municipal de Praia Grande

O Núcleo Henry de Reabilitação Física e Mental já atendeu mais de 1.600 pacientes, de zero a 18 anos, portadores de algum tipo de deficiência física ou mental, desde a inauguração da sua atual sede, no Bairro Mirim, em 1994. Catorze anos depois, a unidade continua oferecendo atendimento multidisciplinar nas áreas de fonoaudiologia, terapia ocupacional, psicologia e fisioterapia, com o objetivo de inserir cada paciente na sociedade, respeitando suas limitações e investindo em seus potenciais.

“É um trabalho lento, em que precisamos identificar os limites de cada criança e respeitá-los, sem deixar de estimulá-las. A maioria chega aqui com um ou dois anos e fica até a idade adulta, um período fundamental para potencializarmos, ao máximo, o grau de sociabilidade de cada uma”, comenta a assistente social Maria Carmen Garcia Neves, que trabalha na unidade.

Além de oferecer atendimento gratuito aos pacientes, o núcleo também dá suporte às famílias: uma vez por semana, as mães dos pacientes se reúnem para falar sobre problemas, preconceitos e dúvidas.

É o caso de Valdenice Félix da Silva, de 29 anos. Mãe de três filhos, Valdenice freqüenta o Núcleo Henry desde que descobriu que um deles, hoje com 4 anos, era portador de microcefalia. “Quando descobri, ele tinha cinco meses. Foi um choque para todos da família, mas freqüentar o núcleo me deixou mais tranqüila. Aqui conheci outras mães, com filhos portadores de vários tipos de deficiências, algumas mais ou tão graves quanto a do meu filho. Você percebe que não é nenhum bicho de sete cabeças”, relata.

Maria José de Oliveira, 43 anos, tem uma filha com Síndrome de Down. “Quando descobri, durante a gravidez, foi um choque, mas aceitei quase que imediatamente e já fui buscar mais informações sobre a síndrome. Ela freqüenta o Núcleo Henry desde os dois meses de vida e recebe acompanhamento de fonoaudióloga, terapeuta ocupacional e psicóloga, uma vez por semana. Sei da importância dessa atenção especial para o desenvolvimento de minha filha”, declara a mãe, que comemora: aos quatro anos de idade, sua filha já fala. “Ela é a princesinha da família.”

Os pacientes atendidos pelo Núcleo Henry são encaminhados por meio de consulta com neurologista, que indicará o tratamento mais adequado para cada caso. Com encaminhamento em mãos, o responsável passa por uma entrevista com a assistente social da unidade, para definição do perfil do paciente.

O Núcleo Henry fica na Avenida Guilherme Penteado de Campos, s/nº, Bairro Mirim. Telefone: 3496-5218.


Compare Preços:

           

 OUTROS DESTAQUES
  Santos- Santos recebe mais uma edição do Downhill Urbano
  Santos- Festa de Iemanjá acontece hoje em Santos
  Santos- Urgência Urbana registra aumento de 30% nos atendimentos em janeiro
  Santos- Toquinho e Sinfônica de Santos fazem apresentação gratuita na Praia do Gonzaga